top of page

Trólebus Brasileiro
> Museu Virtual
> Trólebus Scania/Marcopolo/Powertronics - Protótipo de Corrente Alternada




 

Fruto de um projeto de pesquisa, desenvolvimento e inovação junto à empresa AES Eletropaulo em parceria com a  Himalaia Tranportes e a Universidade Estadual Paulista (UNESP) - Câmpus de Ilha Solteira - o projeto do protótipo de trólebus a corrente alternada teve como objetivos estimular o interesse para a expansão das linhas de trólebus a partir de uma plataforma de alimentação de menor custo de instalação e manutenção, sem a necessidade de subestações retificadoras, e com vistas a promover a melhoria da qualidade de vida nos grandes centros urbanos.

 

Nessa nova modalidade proposta para o sistema de alimentação, o trólebus pode ser alimentado tanto pelas redes convencionais em corrente contínua (CC) quanto pelas redes de distribuição em corrente alternada (CA), mantendo-se a disposição a dois fios dos sistemas CC, sendo as mudanças de rede de alimentação (CC ou CA) monitoradas e controladas digitalmente.

O veículo utilizado para o estudo foi um dos trólebus desativados no início dos anos 2000 do sistema da cidade de São Paulo. na era "Marta Suplicy", quando centenas de trólebus em condições operacionais foram desativados e sucateados sem qualquer critério, por decisão puramente política.

 



 

 

museu-trol-ca-1.jpg

O protótipo em testes na Rua São Caetano na cidade de São Paulo, durante a madrugada.

(Foto de autoria desconhecida - colaboração de Marcos Galesi.

Considerado irrecuperável pela SP Trans em 2004 o trólebus de prefixo 3 3072 (antigo 68 7752 Eletrobus) foi adquirido em leilão como sucata e utilizado na confecção de todo o projeto. Atualmente se encontra no Câmpus da Universidade Estadual Paulista de Ilha Solteira/SP.

 

 

museu-trol-ca-2.jpg

O trólebus ainda com pintura da cidade de São Paulo, após ser adquirido em leilão - Garagem Tatuapé São Paulo Himalaia Transportes.

(Foto: Samuel Tuzi - Facebook Trólebus o Brasil).

museu-trol-ca-4.png

O trólebus no câmpus da UNESP Ilha Solteira.

(Foto: https://onibusbrasil.com/empresa/unesp-universidade-estadual-paulista/CDL7752).

museu-trol-ca-3.PNG

O trólebus na Garagem Tatuapé São Paulo Himalaia Transportes.

(Foto: Rafael Asquini - Facebook Trólebus o Brasil).

museu-trol-ca-5.jpg

O trólebus no câmpus da UNESP Ilha Solteira.

(Foto: https://onibusbrasil.com/empresa/unesp-universidade-estadual-paulista/CDL7752).

A tese desenvolvida consiste na afirmação de que a alteração do sistema tradicional de alimentação em CC para um sistema monofásico em CA proporcionará não somente a continuidade dos sistemas trólebus, como poderá promover a expansão do sistema, a baixos custos, principalmente em grandes centros urbanos, possibilitando um sistema adequado, eficiente e ecologicamente correto de transporte de massa, promovendo melhorias significativas na qualidade de vida das populações.


A mesma encontra-se inserida na temática da “Mobilidade Urbana Sustentável” em virtude do desenvolvimento e inovação para um modal de transporte coletivo eletrificado, de reduzido impacto ambiental, nos aspectos estruturais e da operação do sistema.

Abaixo os trabalhos científicos desenvolvidos pelo Departamento de Elétrica da Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira - UNESP.

 

 

museu-trol-ca-8.jpg
museu-trol-ca-9.jpg

(Fonte: https://www.scielo.br/j/ca/a/n35DfxKKWzkBhjSf4cLYxmK/?lang=pt&format=pdf) - clique na imagem acima para download.

bottom of page