top of page

Trólebus & Ônibus Elétricos Brasileiros

> Sobre o site

Tudo começou lá em 1.987...

Visitando meus tios e primos em Ribeirão Preto (interior de São Paulo) pude conhecer os trólebus que rodavam por lá. Fiquei fascinado porém com medo pois achava que os ônibus davam choque por estarem encostados nos fios.

Em 1.996 iniciei minhas pesquisas sobre os trólebus no Brasil. Naquela época ainda escrevíamos cartas via correio para nos correspondermos com as empresas do setor (a internet ainda estava engatinhando e os computadores eram muito mais caros que hoje). Pois bem, a primeira carta (datilografada) foi para a Mafersa, a qual me enviou um folheto do protótipo de trólebus de dois eixos. Daí em diante fui descobrindo o endereço ou telefone dos demais fabricantes de trólebus e me correspondendo com eles.

Em 1.997 recebi um convite da Transerp de Ribeirão Preto para visitar o sistema de lá, o qual fui muito bem recebido. Em 1.998 visitei os sistemas de Araraquara e São Paulo (Eletrobus). Aos poucos fui constituindo um rico acervo de fotos e dados técnicos e históricos, tendo a ideia de criar uma revista amadora sobre trólebus brasileiros. Assim surgiu a "Síntese Técnica - Trólebus Brasileiros", com 3 volumes. O primeiro deles trazia especificações técnicas de vários trólebus brasileiros; o segundo volume foi uma edição especial sobre o VLP de São Paulo; e por fim o terceiro volume foi uma edição especial sobre o fim dos trólebus em Ribeirão Preto.

cta-pessoal1_edited.jpg

Visita à Companhia Troleibus Araraquara em 1.998.

Da esquerda para a direita: sr. Manoel Fray, Marco Brandemarte (autor deste site) e sr. Italo Jurisato (in memorian), ao lado do trólebus nr. 1 Grassi/Villares, um dos primeiros trólebus fabricados no Brasil.

cta-pessoal2_edited.jpg

Visita à Companhia Troleibus Araraquara em 1.998.

Da esquerda para a direita: sr. Italo Jurisato (in memorian), sr. Manoel Fray e Marco Brandemarte (autor deste site) ao lado do trólebus nr. 44 Mercedes-Benz/Villares O371TR.

Nesta época a internet estava no início de sua expansão comercial no Brasil, e percebi que não existia na web um site nacional que trouxesse informações e descrições sobre os trólebus brasileiros, mas sim apenas páginas de fotos e pouquíssimas informações.

Sendo assim em 2001 surge o site "Sistema Trólebus" A base para a construção da página veio dos sites de Allen Morrison e Emídio Gardé, além de um artigo de Jorge Françozo de Moraes.

 

1144.jpg

Site "Troleicarros" - Emídio Gardé.

1145.jpg

Site "Electric Transport In Latin America" - Allen Morrison.

1146.jpg

Artigo "Trólebus: As Fases de Implantação no Brasil" - Jorge Françozo de Moraes - Revista dos Transportes Públicos ANTP edição 73 - clique na imagem acima para baixar o documento.

Em 2002 o título do site é alterado para "Trólebus Brasileiros" com mais seções e recursos visuais e interativos. Posteriormente surgem novas seções: a história dos trólebus no Brasil, os fabricantes de trólebus brasileiros e seus componentes e também a evolução tecnológica dos trólebus brasileiros.


 
1140 (2002).png
1141 (2009).png
1142 (2013).png
1143 (2014).png

A evolução do site "Trólebus Brasileiros" nos anos de 2002, 2009, 2013 e 2014.

Em 2.020 tive a honra, através do Jorge Françozo de Moraes, de integrar o grupo do Movimento Respira São Paulo, o qual me deu uma visão mais crítica e sócio-ambiental do sistema trólebus, sendo grato aos seus integrantes pelo apoio, auxílio e paciência para comigo. Recentes mudanças no site, como por exemplo a alteração de seu nome para "Trólebus e Ônibus Elétricos Brasileiros", a inclusão das seções "Ônibus Elétricos", "Pelo Mundo" e "Artigos & Entrevistas" são algumas das inspirações graças aos colegas do Movimento.

1147 (2022).png

Aspecto atual do site "Trólebus Brasileiros", adotado a partir de 2022.

bottom of page