top of page

Trólebus Brasileiro
> Museu Virtual
> Trólebus Grassi/Villares 1




 

O trólebus Grassi/Villares prefixo 1 rodou em Araraquara entre 1959 e 1999, sendo parte de um lopte de seis unidades produzidas pela Troleibus Villares S/A. Estes são considerados os primeiros trólebus fabricados no Brasil; equipados com carroceria Grassi, chassi curto Villares com eixos Tinken e equipamentos elétricos também Villares, do tipo Cames (eletropneumático).

 

Com capacidade para 40 passageiros sentados e 60 em pé, foi baixado em 1999, transformado no Museu do Trólebus de Araraquara.

O Museu do Trólebus de Araraquara foi criado com o objetivo de preservar um período importante para a história do serviço público de transporte coletivo, retratando momentos marcantes na utilização dos trólebus, que transformaram a empresa em um exemplo nacional. O museu foi inaugurado no dia 1º de abril de 2006 dentro do primeiro ônibus elétrico a circular na cidade, o trólebus Grassi/Villares n° 1, que foi restaurado e adaptado para que os visitantes pudessem caminhar por seu interior. Para ilustrar o funcionamento dos trólebus, foram colocados equipamentos e peças antigas no interior do veículo, além de painéis fotográficos que retratam o cotidiano da população naquela época. Até 2020 o Museu do Trólebus fazia parte do roteiro turístico da cidade de Araraquara. Neste mesmo ano o Museu foi retirado de seu local e guardado em um galpão próximo à antiga CTA.

 

Em 2023 o autor deste site, juntamente com outros pesquisadores e historiadores dos trólebus araraquarenses protocolaram no Gabinete do Prefeito Municipal e também no Departamento de Cultura do Município de Araraquara um abaixo-assinado solicitando a reabertura do Museu.

Apresentamos na sequência imagens da época da inauguração do Museu do Trólebus de Araraquara em 2006, quando foi instalado ao lado da sede do prédio da Companhia Troleibus Araraquara (fotos de Antonio Aparecido de Oliveira).

bottom of page