top of page

Trólebus Brasileiro

> Os Sistemas Brasileiros

> Belo Horizonte (MG)

FASE 1:

O sistema de transporte por trólebus foi inaugurado na cidade de Belo Horizonte - MG, em 1.953. Os primeiros quatro veículos eram do tipo Twin Coach, de procedência norte-americana (EUA), com componentes elétricos General Electric. Em 1.959 foram importados, também dos EUA, 50 trólebus Marmon Herrington, com equipamento elétrico Westinghouse. Finalmente, em 1.963, mais 5 trólebus - desta vez nacionais - foram encomendados. Estes eram do tipo Massari/Villares. A extensão total do sistema atingiu 31,8 km de rede elétrica bifilar simples, distribuídas em 9 linhas.

A desativação do sistema ocorreu em 1.969,  alegando-se alto custo da operação e energia elétrica e também menor flexibilidade do que os ônibus diesel. Os 50 trólebus Marmon Herrington e os 5 trólebus Massari/Villares, bem como alguns equipamentos de subestações e rede elétrica foram comprados pela municipalidade de Recife (PE), que em troca, ofereceu ônibus diesel novos ao sistema de Belo Horizonte.

760.jpg

Trólebus Twin Coach/General Electric, em circulação na Praça Raul Soares, em 1952.

(Fonte: http://curraldelrei.blogspot.com/2011_07_01_archive.html).

467.jpg

Trólebus Twin Coach/General Electric, prefixo DBO 503.

(Fonte: http://fotolog.terra.com.br/trolefolia:68).

465.jpg

Trólebus Twin Coach/General Electric, prefixo DBO 503.

(Fonte:         http://metrobel.nafoto.net/photo20050907214546.

html).

466.jpg

Belo Horizonte, por volta de 1.960. Trólebus "DBO 501" na linha "Coração de Jesus" (extensão da linha Lourdes). Praça  Raul Soares  (Amazonas / Bias Fortes). Cine Candelária à esquerda.

(Fonte: http://fotolog.terra.com.br/trolefolia:69).

821.jpg

O prefeito Celso Mello de Azevedo posa entre diretores da fábrica de ônibus elétricos norte-americana, quando da entrega simbólica dos veículos nos Estados Unidos.

(Fonte: http://www.facebook.com/).

470.jpg

Desembarque dos trólebus Marmon Herrington, no Rio de Janeiro, em 1.959.

(Fonte: http://br.geocities.com/row701/bh-trolebus-chegada.jpg).

471.jpg

Parte da frota, retida no Rio de Janeiro até 1.960, po falta de pagamento de taxas, impostos e frete.

(Fonte: http://br.geocities.com/row701/bh-trolebus-porto.jpg).

Movimentação de trólebus pelo centro da cidade de Belo Horizonte. Destaque para a inauguração da nova linha de trólebus do bairro Santa Tereza, durante a gestão do prefeito Amintas de Barros no ano de 1961. Acervo Museu Imagem e Som Belo Horizonte.

(Fonte:    https://www.instagram.com/p/CBeV0Bzlf0s/?igshid=MDJmNzVkMj

Y%3D).

468.jpg

Trólebus Marmon Herrington.

(Fonte: http://www.tramz.com/br/bh/mh.html).

1105.jpg

Garagem dos trólebus em Belo Horizonte em 1963.

(Fonte: http://memoria76.blogspot.com/2013/02/belo-horizonte-galeria.html).

472.gif

Trólebus Marmon Herrington.

(Fonte: http://br.geocities.com/zostratus14/bh-trolebus-01.jpg).

1104.jpg

Trólebus em Belo Horizonte ma Praça da Estação..

(Fonte: http://memoria76.blogspot.com/2013/02/belo-horizonte-galeria.html).

473.jpg

Trólebus Marmon Herrington, na avenida Afonso Pena, por volta de 1.968.

(Fonte: http://zrak7.ifrance.com/bh-trolebus-volta-1968.jpg).

Fonte de Pesquisa:

 

- “Revista dos Transportes Públicos” (ano 19, 1.996, 4° trimestre), publicado pela ANTP – Associação Nacional de Transportes Públicos: artigo “Trólebus – As Fases da Implantação do Sistema no Brasil”, de autoria de Jorge Françozo de Moraes.

- "CIDADE DE BELO HORIZONTE - Cronologia do Sistema de Trólebus (1953-1969)" - http://br.geocities.com/zostratus12/nit-trolebus.htm, de autoria de Marcelo Almirante.

01 - 02

bottom of page