top of page

Trólebus Brasileiro

> Os Sistemas Brasileiros

> Ambiental Transportes

A Ambiental Transportes iniciou sua operação na capital paulista no final de 2.011, substituindo a Himalaia Transportes, herdando suas linhas e sua frota também, sendo a guarda e manutenção dos trólebus mantida na garagem Tatuapé, única restante.

Imediatamente após assumir a operação dos trólebus remanescentes, a empresa iniciou a renovação da frota, prevista para ter sido feita ainda na época da Himalaia Transportes, a qual se limitou a adquirir apenas 12 veículos novos, de piso baixo. Desta forma, foram adquiridos 26 veículos equipados com chassi Mercedes-Benz (O 500 U), carroceria Caio e eletrônica Eletra, em corrente alternada, além de um veículo equipado com chassi Scania de 15 metros e terceiro eixo direcional (K 270 UB), carroceria Caio e eletrônica Eletra em corrente alternada.

 

Em outubro/2.012 começaram a ser entregues os primeiros trólebus com tecnologia "BRT ", equipados com chassi Scania K 270 UB, de três eixos e piso baixo, carroceria Caio Millenium 3 BRT e sistema de tração Eletra.

 

Em 2.013 o grupo MAN-Volkswagen fornece dez chassis equipados com carroceria Caio Millennium BRT, motor Weg e sistema de tração Eletra para a empresa.

754.png

Linhas de trólebus operadas pela Ambiental Transportes - março/2.021.

(Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Tr%C3%B3lebus_de_S%C3%A3o_Paulo).

755.png

Frota de trólebus da Ambiental Transportes - março/2.021.

(Fonte - modificado: https://pt.wikipedia.org/wiki/Tr%C3%B3lebus_de_S%C3%A3o_Paulo).

 

 

* Especificações Técnicas Frota de Trólebus

bottom of page